Posts

foto: Kadu Pinheiro | Jamaica Experience

Karina Oliani, de volta à Jamaica!

As belezas naturais da Jamaica, dentro e fora d’água, fizeram Karina Oliani retornar à ilha. | foto: Kadu Pinheiro | Jamaica Experience

As belezas naturais da Jamaica, dentro e fora d’água, fizeram Karina Oliani retornar à ilha. | foto: Kadu Pinheiro | Jamaica Experience

Pois é, Karina Oliani, médica e atleta de quem falamos recentemente (Karina Oliani: na terra, na água ou no ar), aceitou o convite do Jamaica Experience e voltou à Jamaica! Não poderia ser diferente. Sempre em seu ritmo acelerado, Karina aproveitou o pouco tempo na ilha para ter experiências inusitadas.

A primeira delas foi mergulhar em Port Antonio. Mas não um simples mergulho. A 25 m de profundidade, Karina e sua equipe, o fotógrafo subaquático Kadu Pinheiro e o maquiador Edu Hyde, fizeram um editorial de moda para a renomada marca Marcia Mello. Já imaginou estar atenta a manter-se em apneia e, ao mesmo tempo, sair linda nas fotos?

O maquiador Edu Hyde retoca o batom de Karina Oliani. | foto: Kadu Pinheiro | Jamaica Experience

O maquiador Edu Hyde retoca o batom de Karina Oliani. | foto: Kadu Pinheiro | Jamaica Experience

foto: Kadu Pinheiro | Jamaica Experience

Karina pratica yoga na Jamaica para revitalizar as energias.

A fluidez das roupas e dos cabelos, além da intimidade com os corais coloridos demonstrada por Karina, fazem com que o editorial pareça ter sido feito com uma sereia de verdade! Além das fotos que você vê aqui, confira mais sobre os resultados no Facebook de Karina Oliani, siga-a no Twitter @KarinaOliani ou acesse a publicação da marca, na íntegra, através do link ao final desta matéria.

Ainda em Port Antonio, Karina visitou a Lagoa Azul: “a água, cor de esmeralda, é um dos cenários mais bonitos que  já vi! Tenho uma forte ligação com a água, sou mergulhadora credenciada desde os 12 anos, e poder conhecer esse lugar me deixou fascinada! E todas aquelas belezas naturais que aparecem no filme “A Lagoa Azul”? Quando vistas ao vivo, deixam qualquer um apaixonado!”, contou.

Em Negril, mais aventura! Karina também mergulhou por lá, visitou o famoso Rick’s Café e comeu no Corner Bar. Desconhecido da maioria dos turistas, o lugar é um típico bar de praia onde, segundo os locais, come-se a melhor comida da Jamaica. E sabe o que ela comeu? Conch, um molusco, primo do escargot, que, como ele, também é uma lesma e habita o interior de uma grande e bonita concha. Ah, essa Karina…

foto: Kadu Pinheiro | Jamaica Experience

Karina encantou-se com a variedade de espécies subaquáticas da ilha.

Houve um momento relax, pois Karina também precisava recarregar suas energias. Hospedou-se, então, no Jackie’s on the Reef, um spa que fica a 11 km do centro de Negril. Criado por uma nova-iorquina, que trocou a indústria da moda por este paraíso, o lugar é totalmente natural, dos tratamentos oferecidos à comida, preparada no fogão a lenha. Para que a integração à natureza seja total, lá não há TVs, computadores e telefones celulares são proibidos. Karina disse ter estranhado no início, mas depois entendeu que só assim seria possível viver intensamente a experiência.

A alegria e a hospitalidade do povo jamaicano; o pôr do sol, em Negril; o sabor pitoresco do ackee, a fruta símbolo da Jamaica. Foram tantos os momentos incríveis, que Karina Oliani foi incapaz de nos dizer do que mais gostou. Ela tem certeza, porém, de que valeu muito a pena ter aceito o convite. Karina, uma mulher que não aceita o óbvio, já incluiu a Jamaica em sua wish list. Pelo jeito, poderemos cruzar com ela em um dos cantos da ilha, ainda não descobertos pelos turistas.

Confira o editorial de moda feito na Jamaica na íntegra (págs. 110 a 137):

foto: reprodução internet

Um mergulho na famosa Lagoa Azul

Brooke Shields e Christopher Atkins protagonizam "A Lagoa Azul" | foto: divulgação

Brooke Shields e Christopher Atkins protagonizam “A Lagoa Azul” | foto: divulgação

Se você tem mais de 30 anos, certamente já viu várias vezes a chamada para “A Lagoa Azul”, um verdadeiro clássico da Sessão da Tarde! O filme, de 1980, foi protagonizado por Brooke Shields – a mesma atriz do seriado “Suddenly Susan” – aos 14 anos de idade. Além de grande sucesso de bilheteria, o filme foi cercado de polêmica, devido às cenas de nudez. Por ser menor de idade, Brooke teve uma dublê de corpo.

Bem, histórias profissionais à parte, o fato é que o cenário paradisíaco do filme existe e fica na Jamaica. Até as filmagens, o local era chamado de Blue Hole. A lagoa é natural e tem cerca de 60 metros de profundidade. É exatamente a grande profundidade que lhe confere a tonalidade azul, que muda ao longo do dia, dependendo do ângulo de incidência do sol.

Além disso, é aberta para o mar e alimentada por águas das nascentes das montanhas que a circundam. Ao entrar na lagoa, é possível sentir uma variação de temperatura, por causa da combinação dessas águas. Também é possível fazer mergulho, rafting ou andar de caiaque.

Vista do quarto no Mockingbird Hill | foto: divulgação

Vista do quarto no Mockingbird Hill | foto: divulgação

A Lagoa Azul fica a 20 minutos de carro da parte oriental de Port Antonio. Além das casas de milionários e estrelas de Hollywood, a região possui inúmeros hotéis. Um dos destaques é o Mockingbird Hill, com apenas 10 quartos e vistas para as Blue Mountain e o Mar do Caribe. Lá, há toda uma consciência em relação ao meio ambiente e a sustentabilidade que, antes de um modismo, são fundamentais para a preservação de um verdadeiro santuário.

A Lagoa Azul permanece a mesma de 34 anos atrás. E Brooke Shields continua muito bonita, aos 49 anos.

Turistas no Rick's Café para ver o pôr do sol, em Negril

Inédito: 10 razões para conhecer a Jamaica!

Sim, você já leu algo assim em alguma revista ou site de turismo. É uma pauta tradicional. Mas, será que foi sobre a Jamaica?

Vamos direto ao ponto: neste post, vamos apenas listar 10 bons motivos para conhecer a Jamaica. Em breve, vamos explorar e detalhar cada um deles.

 

1. Clima

Localizada no Mar do Caribe, a Jamaica tem clima tropical e ao longo do ano a temperatura média é de 27 graus. Uma ótima opção mesmo no inverno.

 

2. Esportes radicais

Por ser uma ilha, a especialidade são os esportes aquáticos, como mergulho, canoagem, esqui aquático e cliff diving. Mas também é possível voar de parapente ou saltar de bungee jump.

 

3. Passeios ao ar livre

A natureza da Jamaica é exuberante: praias, montanhas, cachoeiras. E ainda dá para visitar crocodilos ou nadar com golfinhos.

 

4. Reggae

É onde tudo começou, a terra de Bob Marley. O reggae está por toda parte, nas ruas, nas festas, no povo.

 

5. É no Caribe

Aruba e Bahamas já são mais que um hit do turismo. A Jamaica é uma opção diferente.

 

6. Conhecer o cenário de Lagoa Azul

Um clássico da Sessão da Tarde, o filme, de 1980, foi gravado no paraíso real: a Blue Lagoon.

 

7. Conhecer tradições africanas sem cruzar o Atlântico

Dentre as ilhas do Mar do Caribe, é na Jamaica que a cultura africana se faz mais presente.

 

8. Atividades para crianças

Aulas de culinária, artesanato ou reggae, contato com a natureza e animais. A Jamaica é children friendly!

 

9. Uma viagem de 10 dias

Por ser relativamente pequena, em 10 dias dá para conhecer bem a Jamaica. Se tiver mais tempo, melhor!

 

10. Feel the good vibrations

Semelhante ao Brasil em muitos sentidos, a Jamaica tem um povo alegre e amigável. Além disso, o clima, a música, a cultura, tudo leva a relaxar e absorver energias positivas.