O cantor e compositor jamaicano John Holt (11/07/1947 - 19/10/2014) | Foto: reprodução internet

John Holt e a Jamaica das grandes vozes

No último mês de outubro, a música perdeu uma de suas belas vozes, o jamaicano John Holt. Integrante da “old school” jamaicana, que deu de presente ao mundo tantas outras vozes, Holt iniciou a carreira muito cedo e aos 16 anos já gravava seu primeiro single, Forever I’ll Stay/I Cried a Tear. Ficou conhecido na Jamaica e fora dela quando, em 1965, passou a integrar o grupo de rocksteady The Paragons, com quem emplacou sucessos que influenciaram outros grupos, como o britânico Blondie, que em 1980 gravou sua versão para The Tide Is High, de autoria do jamaicano.

Em 1970, John Holt deixou os Paragons para seguir carreira solo. Vieram outros grandes feitos na carreira do cantor e compositor, considerado um precursor do lovers rock, subgênero do reggae cuja temática é mais leve e a melodia mais suave, aproximando-se da soul music.

O cantor jamaicano Toots Hibbert, do grupo Toots & The Maytals: uma das vozes mais potentes da Jamaica. | Foto: reprodução internet

O cantor jamaicano Toots Hibbert, do grupo Toots & The Maytals: uma das vozes mais potentes da Jamaica. | Foto: reprodução internet

Se você é apreciador de música jamaicana e costuma frequentar o nosso site, sabe que os parágrafos acima não são suficientes para descrever a carreira deste grande artista. Deve saber, ainda, que sua trajetória guarda semelhanças com a de vários outros artistas jamaicanos, igualmente talentosos, que conquistaram notoriedade internacional e construíram carreiras brilhantes na música, a despeito das condições desfavoráveis a que foram submetidos, considerando a realidade da indústria musical jamaicana nas décadas que coincidem com o período do surgimento de todos eles.

A proposta da seção “Reggae Legends” em nosso site é contar em detalhes a trajetória destes ícones jamaicanos e cada um deles será devidamente retratado ali. Mas a matéria que você lê agora tem outra proposta e surgiu de uma reflexão (por ocasião do falecimento de John Holt) sobre o universo musical jamaicano e sua riqueza artística, com suas belas melodias e principalmente suas grandes vozes, por vezes potentes e cheias de vigor, por outras suaves e carregadas de sentimento. Ou tudo isso ao mesmo tempo.

Nosso objetivo com este post é tão somente dividir com o leitor o prazer de ouvir a autêntica música jamaicana (em suas diferentes nuances) e alguns de seus grandes intérpretes, bastante celebrados mundo afora, mas infelizmente pouco conhecidos do público brasileiro. Deixando claro que não há qualquer pretensão de esgotar o tema, já que seria tarefa ingênua e certamente fadada ao fracasso.

Fizemos uma pequena lista (haverá outras), com alguns clássicos jamaicanos interpretados por artistas como John Holt, Owen Gray, Jackie Edwards, Delroy Wilson, Freddie McGregor, Beres Hammond e Toots Hibbert (há muitos, muitos outros). Do estilo suave e romântico ao mais dançante, o que importa aqui é deixar-se levar pelas melodias e saborear algumas das mais deliciosas vozes da Jamaica. Que tal?

Seja bem-vindo à Jamaica das grandes vozes! Apenas aperte o play e aumente o volume. O resto acontece.

Ouça o playlist especial “Singer’s Selectah Vol. 1” (by Jamaica Experience):