Appleton e o Blackwell, as marcas mais famosas de rum da Jamaica

Rum, a “cachaça” do Caribe

Assim como no caso da cachaça, o rum também é produzido a partir da cana de açúcar. Porém, enquanto a cachaça é preparada a partir do caldo de cana fermentado, o rum é destilado do melaço fermentado.

Trata-se de uma bebida de forte teor alcoólico, entre de 40 a 55°GL, e que tornou-se conhecida a partir do século XVII, primeiramente, como um medicamento capaz de “exorcizar os demônios do corpo”. O fato é que o sabor e as características da bebida logo a tornaram popular.

Conhecida como a bebida dos piratas, ao rum era creditada a capacidade de encorajar antes dos combates. Este hábito se perpetuou entre os militares e até por volta dos anos 1970 ainda era parte da dieta diária dos marinheiros ingleses.

O rum é uma bebida cristalina como a cachaça. A cor dourada ou até escura de algumas variedades é resultado do envelhecimento em barris de carvalho ou da adição de corantes.

Há produção de rum em todo o Caribe, com variações de sabor. O rum da Jamaica é um dos mais fortes e encorpados. As marcas mais famosas são o Appleton e o Blackwell. Esta última pertence a Chris Blackwell, o dono da Island Records e do Goldeneye Hotel & Resort.

Muito versátil, o rum é ingrediente de muitos drinques famosos como o Daiquiri, o preferido de Ernest Hemingway, o Mojito, a Piña Colada e a Cuba Libre, um clássico dos anos 1960.

E que tal experimentar o Cliffhanger, um dos drinques mais apreciados da Jamaica?

Cliffhanger, delícia jamaicana

Cliffhanger, delícia jamaicana

The Cliffhanger

INGREDIENTES
1 dose de Blackwell Rum
1/2 dose de Appleton Gold Jamaica Rum
100ml de suco de melancia fresca
Uma pitada de gengibre esmagado

MODO DE FAZER
1. Encha um copo alto com gelo.
2. Misture todos os ingredientes numa coqueteleira.
3. Despeje sobre o gelo.
4. Decore o copo com um pedaço de melancia.

Se quiser experimentar, pode ainda incrementar com uma trilha sonora especial: Jamaica Rum, de Ted Mulry Gang.